Uma história antes de dormir

Setembro 25, 2015

Ontem, antes de dormir, ainda houve tempo para uma história. Enquanto escolhia o livro encontrei uma folha com a história do “Cachorro e do menino”. Confesso que não sei o autor. Foi-me dada por uma das educadoras da Maria, num daqueles dias, que “calha” a todos nós pais, de ir ao jardim de infância ler para toda a turma. Lembro-me desse manhã ao pormenor e de cada sentimento que vivi, nos poucos minutos que a levei a contar. Acabei a tentar disfarçar a emoção e com todos os meninos a bater palmas. Aqui fica:

” Um menino entrou numa loja de animais e perguntou o preço dos cachorros que estavam à venda – Entre 30 e 50 dólares, respondeu o dono. O menino tirou umas moedas do bolso e disse- Mas, eu só tenho 3 dólares . Posso ver os cachorros?

O dono da loja sorriu e chamou “Lady” (a mãe dos cachorrinhos), que veio a correr, seguida por cinco bolinhas de pêlo. Um dos cachorrinhos vinha mais atrás, com alguma dificuldade para andar. O menino apontou para o cachorro e perguntou- O que é que ele tem? O dono da loja, explicou que o veterinário o tinha acabado de examinar e descoberto um problema na junta do quadril. – Este cachorro vai coxear e andar devagar durante toda a vida.

O menino fez um “ar” feliz e disse – É este o cachorrinho que eu quero comprar! O dono da loja respondeu- Não, não o vai comprar! Se realmente quiser ficar com ele, eu ofereço-lho de presente. O menino com os olhos marejados de lágrimas, olhou para o dono da loja e disse- Eu não quero que mo dê! Aquele cachorrinho vale tanto quanto qualquer um dos outros e eu vou pagar! Na verdade, eu dou-lhe 3 dólares agora e 50 centavos por mês, até chegar ao preço total. Surpreso, o dono da loja contestou- Mas ele nunca vai poder correr, pular e brincar consigo.

Muito sério, o menino baixou-se e levantou lentamente a perna esquerda das calças, deixando à mostra a prótese que usava para andar. Olhou nos olhos do dono da loja e respondeu – Veja, também não tenho uma perna, o cachorrinho vai precisar de alguém que o entenda!”

Moral da história, só precisamos de alguém que nos entenda e ame, não pelo que temos ou podemos fazer, mas pelo que realmente somos! Mal terminei de ler a história à Maria, foi “tiro e queda”, adormeceu.

Pel´A Mãe da Maria

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.