Trate sempre os seus filhos como gostaria de ser tratado

Setembro 18, 2016

Trate sempre os seus filhos como gostaria de ser tratado. Apague os seus medos, dê nome às emoções que eles não sabem expressar, dê-lhes o seu tempo, realize os seus sonhos e faça com que eles sintam que são as pessoas mais valiosas do mundo.

É curioso como atualmente muitas mães e muitos pais olham para as crianças medo. Lêem manuais de educação de enfiada, reconhecem as teorias mais recentes e procuram respostas para cada problema na internet ou com os amigos (que também são pais ou não), conhecidos como verdadeiros gurus em questões parentais.

Mas às vezes esquecem-se de ouvir algo muito mais valioso do que tudo isto: o seu instinto natural.

O instinto de uma mãe, ou a capacidade natural de um pai na hora de intuir as necessidades dos seus próprios filhos é, sem dúvida, a melhor estratégia para os educar.

Os nossos filhos chegam ao mundo com uma bondade inata, por isso têm de ser tratados com respeito para salvaguardar esta nobreza do coração, atendendo com naturalidade e sem medo a cada acontecimento que o dia a dia nos vai trazendo.

A chave só pode ser uma, se tratarmos os nossos filhos como gostaríamos de ser tratados, de certeza que nunca vamos errar!

Adaptação do texto A mente é maravilhosa | A mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

2 Comentários

  • Responder Maria José Mota Campos Setembro 19, 2016 em 16:26

    Adorei. Na verdade ninguém consegue educar um filho com manuais de instruções. Isso não existe.
    O manual só pode ser o instinto maternal, que esse sim é poderoso e sobrenatural e procurar sempre fazer como gostaríamos e ficaríamos felizes se nos fizessem o mesmo a nós, e aí como diz a Mãe da Maria nunca há hipótese de errar.
    Adoro-vos família Rebelo.

  • Responder Denise Branco Setembro 22, 2016 em 21:32

    Olá Cristina,

    (Re)encontrei-te por acaso (?) hoje. Adorei conhecer a Maria e de rever a Mãe da Maria. Abençoada partilha encontrada hoje. Um beijinho. Denise

  • Deixar Comentário

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.