Todos os dias se acendem novas estrelas no céu!

Novembro 5, 2016

Enquanto assisto em silêncio, à missa de despedida do avô da minha cunhada, reparo na dor que todos carregam. Mesmo antes de começar, muitos comentavam – “Foram 95 anos de vida. Uma vida cheia!” – mas a tristeza no semblante dos que enchem a capela é cortante.

Por muito que vivamos intensamente e sem pensar na morte, todos os dias há luzes que se apagam por aqui. Umas mais próximas (de nós) que outras, mas cada uma delas faz falta para iluminar a vida de uma família e ao desaparecer fecha sempre um ciclo.

É uma enorme dor pensar que nunca mais vamos ver, ouvir ou sentir alguém que nos é querido. É um sofrimento inexplicável e que quando passamos por ele, o questionamos de uma forma feroz.

Mas vida é mesmo assim e chegada a hora, pensemos que a luz que se apaga por aqui, vai iluminar em forma de estrela, o céu de todo um planeta.

No meio desta estranha sensação de vazio, valha-me o abraço da Maria, para me encher o coração!

A mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.