Sou uma “sortuda”!

Setembro 2, 2015

Olá! Hoje sou eu que escrevo a Matilde, irmã da Maria. Vim aqui falar de um assunto que sou a única na família que o posso fazer – a partilha do quarto com a Maria! No principio pensava que era mau. O Tomás tem um quarto só para ele, porque é que eu tenho que partilhar o quarto com a Maria? Tenho menos privacidade, fico com menos espaço para as minhas “coisas”, já para não falar do que a Maria desarruma e muitas vezes “sobra” para mim.

Este Verão não dormimos no mesmo quarto, partilhei o quarto com o Tomás. Como não estava a conseguir dormir tão bem como costumo, tentei arranjar alternativas. Dormi no quarto da minha tia e ainda da outra tia, mas nunca o consegui fazer tão descansada como quando tenho a Maria na cama ao lado. Houve mesmo um dia em que estava mais triste e tive que mudar de quarto (a meio da noite) para ir para o lado da Maria.

Assim nestas férias descobri que sou uma “sortuda”! Sou a única pessoa que partilha um espaço com a Maria durante 9 horas por dia, 350 dias por ano. Percebi que não há melhor que ter na cama ao meu lado a maior “portadora de felicidade do mundo” e ainda que é essa felicidade que me dá força e energia para tudo, especialmente para sorrir!

Se alguém que partilha o quarto estiver aí a ler, lembre-se da minha experiência e aproveite ao máximo. Pois pode ser que algum dia precise da energia da irmã e ela não esteja cá para dar um beijinho de boa noite! Obrigada Maria.

Pel ´A Irmã da Maria (Matilde)

Também Poderá Gostar

2 Comentários

  • Responder catarina Setembro 2, 2015 em 10:55

    Olá Matilde,
    eu sou a Catarina. Tal como a tua irmã Maria,também eu sou diferente. Quero dizer-te que o meu quarto também é muito cobiçado, para não dizer disputado. Cá em casa somos 4, mãe,minhas irmãs, Bea e a Sophie e eu,claro 🙂 . Temos muitos quartos e ficam muitas vezes vazios porque teimam em vir dormir comigo. Sim,comigo,mesmo na mimha cama. A minha cama é grande, 1,40×2,00

  • Responder catarina Setembro 2, 2015 em 11:06

    Continuação
    acho que as minhas irmãs e mãe se calhar precisam daquela energia e felicidafe da qual tu falas.
    Se calhar é mesmo essa a missão da tua irmã Maria e a minha também e de muitos outros seres diferentes por isso especiais, por esse Mundo fora….espalhar felicidade! 🙂
    Beijinhos para ti e teus irmaos
    Catarina
    Catarina

  • Deixar Comentário

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.