Será que estou a fazer bem? Espero que sim…

Maio 27, 2017

É sábado e a casa está calma. Ao longe ouço o som da televisão. A Maria e o Jorge ocuparam a sala e por ali estão. A Matilde e o Tomás estão fechados nos quartos a estudar.

Mesmo a chegar ao fim do ano letivo a exigência é muita. Cada um no seu quarto luta à sua maneira para enfrentar testes e exames que se acumulam nos próximos dias.

A Matilde é uma máquina. A nota dominante da sua pauta é o 5. Sempre foi assim, quando põem uma coisa na cabeça, chega lá. E este ano defeniu que queria ter muitos 5 e claro que os tem. Mas trabalha muito.

O Tomás é um descontraído. Para ele o que tem valor não são as notas, mas sim o conhecimento e principalmente as relações humanas. Gosta do colégio pelo que aprende a ser e não tanto pela ‘chatice’ (como ele apelida) que é estudar.

Cada um à sua maneira, vai conseguindo ser o que quer e isso é o principal. Do meu lado, desde o primeiro dia, sempre disse que o que lhes exijo relativamente à escola é que sejam felizes e que passem de ano. O resto são eles que têm de decidir…não partem de mim as suas aspirações, apenas me compete educar e motivar para que vivam felizes.

Muitas vezes dou comigo a pensar: será que estou a fazer bem? Espero que sim…

A mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.