Se a vida conspira contra a amizade, a Maria conspira para a defender!

Setembro 1, 2016
A mae de maria Ana Rebelo

Se há uma certeza que todos temos relativamente à Maria é que ela leva mesmo a sério esta “história” da amizade! Todos os dias a celebra! Não sei qual será o seu “dom”, mas para ela é inato alimentar este sentimento. Como um passo de magia pressente os estados de espirito dos “seus” e com mestria adequa a sua abordagem. Sempre que alguém não está nos seus dias rapidamente age, aproxima-se, estuda a ação e é sempre certeira.

Não o faz só com aqueles que estão presentes no seu dia a dia. É engraçado que muitas vezes reencontramos amigos com quem já não nos cruzavamos há bastante tempo e a primeira abordagem do outro lado é – Ah! Se calhar a Maria já não se lembra de mim… já foi há tanto tempo! Mas não, a Maria lembra-se de cada um dos seus amigos e sabe sempre o que fazer em cada reencontro. Parece que o tempo para ela não passa e que nada mudou, segue sempre o “ponto” em que a amizade ficou.

Diz-nos o dicionário que amizade é um “sentimento de grande afeto ou simpatia por alguém”. Os sentimentos cultivam-se e pressupõem reciprocidade, mas para a Maria não lhe interessa se é reciproco ou não, quando gosta vai em frente dá tudo o que tem para dar e nunca desiste.

Quanto mais puro for o sentimento mais valiosa será a amizade. Acredito que seja esta a chave da Maria, pois de tão pura e inocente que é, nada nem ninguém tem a capacidade de corromper os seus sentimentos. A partir do momento em que para ela nasce uma amizade,  é inesquecível, inquebrável e eterna. Aproveitando o slogan da campanha de uma marca de bebidas, “se a vida conspira contra a amizade..,” a Maria conspira para a defender!

A mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.