Regressar a casa – Que fixe!

Agosto 31, 2015

Estar de férias é muito bom, mas se há uma sensação boa é a de regressar à “base”! Hoje foi o dia. Um dia sempre muito atarefado e longo que inclui entre muitas outras tarefas fazer malas, arrumar casa, desfazer malas, voltar a arrumar, organizar tudo e uma viagem com uns belos quilómetros pelo meio.

Mas não existe nenhum outro lugar no mundo em que me sinta tão bem como aqui e tenho quase a certeza que os meus filhos já sentem o mesmo. Assim não temos (por cá) aqueles dramas e tristezas de final de férias, pois o regresso a casa é o voltar para o lugar onde somos felizes.

Por aqui temos o nosso “canto”, o nosso sossego, a nossa paz. As rotinas permitem-nos não querer fazer tudo no momento, pois amanhã também é dia e por aqui estaremos. Já quando estamos de férias, parece que as horas não chegam para tantos planos e programas que vão aparecendo a cada minuto, o que torna o descanso num verdadeiro corrupio.

É aqui, em casa, que também sinto os meus filhos calmos. Não estão sempre em alerta para seguirem caminho. Têm tempo para eles e para as coisas deles. Por aqui podem apenas “estar” sem mais nada, no seu porto de abrigo.

A Maria cá por casa anda quase sempre calma, passeia-se muito sossegada e serena, brinca, canta, desarruma e desfruta das suas rotinas. Hoje mal chegámos dei a volta à chave e ela apressou-se para ser a primeira entrar! Empurrou devagarinho a porta, espreitou para dentro de casa e gritou – Que fixe! Está visto a Maria é como eu gosta mesmo de regressar a casa!

Pel’ A Mãe da Maria

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.