Querida Vanessa da EMEL, por favor, não multes por distração

Outubro 24, 2017

Querida Vanessa da EMEL,

Tomo a liberdade de me dirigir a ti desta forma, mesmo sem te conhecer, mas não me leves a mal eu sou assim. Escrevo-te pois tenho um problema para resolver e estou mesmo a precisar de desabafar.

No final da semana passada, entre a correria do dia-a-dia, passei pelo meu carro e chamou-me à atenção um envelope encarnado no pára-brisas. O envelope é bonito e até acho que poderia ser utilizado para enviar mensagens “fofinhas”, mas como lisboeta que sou habituada a ver os “ditos” pendurados pelos carros na cidade não me senti nada especial.

Estranhei pois o meu carro estava bem estacionado, dentro dos recortes da EMEL, com o Dístico de Deficiente bem visível – tudo como manda a lei. Confesso que até tive esperança que fosse um bilhete de avião para uma praia paradisíaca ou “coisa que o valha”…

Abri-o rapidamente e SURPRESA, uma multa com o seguinte fundamento:

“Estacionamento do veículo, em lugar, devidamente sinalizado, reservado ao estacionamento de veículos que transportam pessoas com deficiência condicionada na sua mobilidade”

Mas que grande confusão Vanessa! É exatamente o contrário, o meu carro estava estacionado num lugar comum, com Dístico de Deficiente. Não sei se sabes a Câmara Municipal de Lisboa regulamentou, já há um par de anos, que o estacionamento para as pessoas com Dístico de Deficiência é gratuito em toda a cidade.

Vá confessa, querias multar, mas foste à procura da lei e ficaste baralhada!

Sabes Vanessa, com tamanha confusão agora quem está tramada sou eu. Lá vou ter de iniciar um processo para justificar à EMEL, que com o meu estacionamento estava tudo bem, contigo é que não. Se calhar estavas distraída, hein?

Tinha muito mais para escrever, mas não quero tirar-te mais tempo, pois como diz o ditado “não faças aos outros, o que não gostas que te façam a ti”.

Fica o pedido: Vanessa, por favor, toma mais atenção…

Obrigada e um grande beijinho.

A mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.