Pessoas intensas

Julho 8, 2018

Eu desconfio que o ponteiro do relógio das pessoas intensas veio com um defeito de fabrico, é mais acelerado que os outros.

Falo do que sei, pois para uma pessoa intensa, a vida urge, e, nem de longe, esperem dela uma atitude “morna” quando algo a interessa. Para ela tudo é 8 ou 80. Se algo não desperta, esqueça, ela vira uma barra de gelo. Mas, se desperta, nada nem ninguém a poderá parar.

Os intensos obedecem a um norteador que é acionado pela alma, é como se diante de algo que os atraia, um “dispositivo” acionasse um alarme e uma voz num megafone dissesse bem alto: “vai com tudo, não percas tempo…atira-te”.

São pessoas que se entregam sem reservas e isso aplica-se a todos os contextos das suas vidas: profissão, hobbies, amizades e, obviamente, às dores. O abraço das pessoas intensas é diferente, tem uma entrega especial. Tudo parece ser maximizado, mesmo os mínimos detalhes.

Para os intensos não existe o amanhã, aliás, pensando bem, eles estão certos, afinal, que garantia temos de que o amanhã vai chegar? Mas nem tudo são flores na vida destas pessoas.

Nunca julgue um intenso como ansioso ou destrambelhado, eles são apenas pessoas que sentem com a alma e não conseguem (e nem querem) economizar a euforia diante de algo que os encanta. Eles não conseguem conter-se ao ouvir uma música que gostam, aumentam o volume, dançam, arrepiam-se, choram e fazem poesia.

Nunca tente “acalmar” uma pessoa intensa. Ela é assim. Se acham desgastante relacionarem-se com alguém cuja alma transborda, deixem-no e procurem alguém comedido. Tentar impedir uma pessoa de expressar a sua intensidade é uma crueldade idêntica a impedir um pássaro de voar.

A mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.