Incentive o seu filho a aceitar a diversidade

Setembro 28, 2017
Incentive
Incentive o seu filho a aceitar e aprender com a diversidade humana!

As crianças reagem ao que lhes parece diferente, mas não fazem, no primeiro momento, um juízo de valor.  Estranhar o que é diferente é uma reação comum a todos os seres humanos. Nas crianças, antes que o ato de estranhar seja contaminado por juízos de valor negativos, os pais e educadores podem intervir para mostrar que é preciso aceitar as diferenças, aprender com elas e conviver em harmonia.

O diferente pode gerar medo, insegurança, amor, rejeição, curiosidade e despertar mecanismos de defesa que, dependendo da intensidade, poderão levar até à violência.

Podemos analisar o exemplo de um bebé de colo, que, por conviver apenas com pessoas parecidas com ela, pode assustar-se com a presença de uma babá que seja de outra origem étnica. É natural esta reação. Cabe aos pais introduzir com carinho a presença, para mostrar que a convivência com as diferenças é segura.

As crianças, por volta dos três anos, começam a socializar mais intensamente, precisando de aprender a lidar com os seus medos e a elaborar os seus próprios conceitos. Estes conceitos são construídos com base no conhecimento e ideias transmitidas pelos pais, amigos e educadores.

Atitudes, conversas e alguns comportamentos dos pais (mesmo intencionais), induzem muitas vezes à discriminação, pois as crianças acabam por interiorizar o preconceito.

Antes de tentarmos ensinar, é preciso repensarmos os nossos comportamentos e exemplos. Só a partir daí estaremos verdadeiramente preparados a incentivar os nossos filhos para a aceitação e aprendizagem com a diversidade.

Fonte: http://migre.me/cDhcp

Adaptado por A Mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.