Há partidas que deviam virar moda

Agosto 20, 2016

Estas férias, não houve um único dia em que chegássemos à praia e não estivessem carros sem dístico estacionados no lugar para deficientes. O agentes da esquadra já me conheciam, pois todos os dias lhes ligava e pedia para que viessem ao local. Mas nem assim as pessoas deixavam de ocupar indevidamente os lugares e o que é mais engraçado é que têm sempre uma desculpa.

Acredito que seja difícil fazer cumprir a lei por isso há partidas que deviam virar moda, aqui em Portugal. Mudavam a vida de muita gente e para melhor. Aqueles que estacionam indevidamente nos lugares reservados para deficientes, nunca mais se esqueceriam da experiência vivida e com certeza que mudariam para melhor. Aqueles que têm realmente direito a estacionar, teriam uma vida muito mais facilitada, com os lugares livres para poderem estacionar.

Há uns meses atrás, o canal brasileiro “Boom”, resolveu pregar uma partida a um condutor que estacionou no lugar reservado a deficientes. Foi filmado no Brasil, no centro de Maringá no Paraná.

A partida foi tão bem organizada e tão bem conseguida, que todas as pessoas que passavam na rua, pararam para assistir ao espetáculo. O condutor que estava em infração, ficou revoltado.

Agora imaginem que, cada vez que encontrávamos os lugares reservados a deficientes ocupados indevidamente, teríamos esta reação? O que vale é que somos pessoas realmente bem dispostas e pacientes.

Cá em casa, enquanto assistíamos ao filme, não conseguimos parar de rir.

A Matilde e o Tomás já estão cheios de ideias para replicar esta partida, por aqui pelas ruas de Lisboa. Agora se isto “pega” moda, vai haver muito post-it azul a voar por aí.

A Mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

2 Comentários

  • Responder Ana Borges Agosto 24, 2016 em 18:44

    Boa tarde Ana
    Cheguei ao seu blog porque pesquisando a Quintessentially Lifestyle.
    Mas este assunto de estacionamento em lugar para deficientes mexe comigo. E explico porquê: uma amiga em França uma vez estacionou num lugar reservado e quando regressou tinha escrito “se ficaste com o meu lugar, fica também com a minha deficiência”. Tão verdade!

  • Responder Rita Agosto 25, 2016 em 11:22

    Ola mãe da Maria 🙂

    Se soubesse o quanto essas pessoas me enervam… o meu pai é deficiente fisico, e muias vezes vemo-nos impedidos de ir sossegados seja a que sitio for acompanhados do meu pai porque não conseguimos estacionar o carro nos lugares reservados, acabamos sempre por ter que chamar as auoridades para resolver. Mas não é so os lugares de estacionamento… casas de banho, caixas prioritarias, etc, estão sempre ocupados com a desculpa que é so um bocadinho…

    Mas pronto tenho esperança num fututo com mais civismo para todos.

    Beijinhos!

  • Deixar Comentário

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.