Dás-me atenção?

Março 2, 2016

Com três filhos os finais de tarde cá em casa, têm sempre alguma história para contar. Quando entro em casa, todos querem falar. A maioria das vezes até se atropelam por um bocadinho de atenção. A informação entra em catadupa e levo algum tempo a processar.

A mais calma neste reencontro é a Maria. Faz uma enorme festa na entrada, mas sabe esperar pela sua vez. Deixa a confusão inicial e mal vê que tem o caminho livre, aproxima-se e aproveita aquele momento que é só dela.

Sempre foi uma “pró” a captar a atenção dos outros. Quando quer chega lá. Mesmo que a ignorem não dá hipótese, acaba sempre por conseguir o que quer.

Ontem à tarde queria a atenção do Tomás. A Maria bem o chamou, mas nada. O irmão sentado em frente à TV e de tão absorvido que estava nem a ouviu.

Sem que ninguém desse por isso, a Maria, levantou-se e sentou-se atrás dele. Num repente começou a bater nas costas do irmão, como se não houvesse amanhã. Tal foi o susto que o Tomás apanhou que até gritou.

Lá está, para a próxima dá-lhe atenção. Pode ser que assim poupe um susto. A Maria sabe…

A Mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.