A vida é o que nós queremos que ela seja

Março 26, 2017

E se eu tivesse de dar a minha definição de vida, esta seria simples: “a vida é o que nós queremos que ela seja”, nem mais, nem menos. Porque embora todos sejamos seres humanos, nem todos vê-mos o mesmo, mesmo que estejamos lado a lado e exactamente com a mesma perspectiva.

Já dizia Calderón de la Barca no seu “Monólogo de Segismundo”:

“O que é a vida? Um frenesim.

O que é a vida? Uma ilusão, 

uma sombra, uma ficção, 

e o maior bem é pequeno:

que toda vida seja sonho,

o os sonhos, sonhos são.”

E se a vida fosse um sonho, não seria maravilhoso poder escolher com o que sonhar? Está claro que aquele que tem uma vida maravilhosa, nunca pensará que a vida é aguentar problemas, torturas ou calúnias; pensa que a vida é o melhor presente que poderia ter recebido. Em contrapartida, quem constantemente vive problemas acreditará que não vale a pena. E não confundam riqueza económica com felicidade, pois há muitos “remediados” felizes e muitos milionários infelizes. A vida é sim o que acreditamos que ela seja, e quanto mais esperarmos dela, mais ela nos dará.

Agora toca a tirar um tempo para pensar o que é a vida para vocês. Afinal, ela até pode tomar diferentes rumos, mas no final somos nós que escolhemos como vamos encará-los!

A mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.