A Maria põe-me na linha

Outubro 8, 2017
FullSizeRender-366

Até agora nunca tinha parado para pensar o quanto a Maria me põe na linha. De mansinho e com muita sensibilidade, vai-se aproximando e dizendo (quase sem falar) que está na hora de acalmar.

A vida corre e tudo aquilo que fazemos vai-nos absorvendo, mas sempre que ela acha que a minha energia está a quebrar ela puxa-me para a realidade.

Começa por me chamar, literalmente sem parar, até eu lhe dar a atenção que quer. Pede-me abraços prolongados e não me autoriza a largar enquanto não estiver satisfeita. Ralha comigo – tal como ralho com ela – para ficar a descansar.

Não exige muito tempo de mim, mas só fica sossegada quando sente que para além de feliz estou de baterias carregadas para seguir!

Esta miúda…

A mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário