A magia da alegria

Fevereiro 5, 2016

Há dias cansativos, em que por muito que tentemos contrariar, não há volta a dar. O stress toma conta de toda uma sala de trabalho. Ontem foi um dia assim. Quando isto acontece à sexta feira, até nem é mau, pois vêm aí dois dias para todos podermos descansar.

Saí do escritório já passava das sete da tarde. O trânsito ainda era muito e quando é assim prefiro nem olhar para o tempo a passar. Aproveito e ligo aos meus amigos para pôr a conversa em dia e vou organizando as ideias para tudo o que ainda falta fazer. Estas conversas são sempre recheadas de umas belas gargalhadas, o que faz com que a pressão do dia comece a diminuir a cada minuto que passa.

Terminadas as conversas, ainda há sempre tempo para ouvir umas quantas músicas, que acompanho sempre em modo rouxinol esganiçado. Quando chego ao portão da garagem, já estou bem mais leve. Sei que ainda tenho uma jornada pela frente, mas é outra dinâmica.

Mal cheguei a casa, disse um olá de longe e corri para o quarto. Tinha mesmo de me agarrar ao computador e acabar o que estava em falta. Sentei-me e comecei. Ao longe ouvia os miúdos a falar e lentamente comecei a ouvir as vozes a aproximarem-se.

O Tomás entrou com a Maria em passo de alegria que num segundo me fez ganhar o dia. Com um enorme sorriso, olhou para mim, levantou os bracinhos e exclamou:

– Mãaaaaeeeeee! Mãaaaaaaeeeee!Mãaaaaaaeeeee!

Toda a pressão que trazia, desapareceu ao ver e sentir toda esta alegria. Não há nada melhor do que ser recebida, no final do dia, com a magia da alegria da Maria!

A Mãe da Maria (Ana Rebelo)

 

 

 

 

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.