A árvore de Natal anda sozinha?

Dezembro 22, 2015

Nesta época do ano, o trabalho e as requisições são tantas, que há dias em que já não sei se estou acordada ou a sonhar. Os miúdos estão de férias e passam muito mais tempo por casa, o que dá azo a que se instale a bagunça. Por muito que lhes ensine, que quando se desarruma, de seguida tem de se arrumar, nem sempre é fácil.

Não sou exagerada com a arrumação, mas gosto de ter tudo organizado. Ontem quando cheguei a casa, estava tudo calmo. Ainda não tinham chegado. Cada um passou o dia na atividade que escolheu. A Matilde esteve a ajudar a tia na creche, o Tomás a trabalhar no escritório do pai e a Maria em casa da avó.

Aproveitei e corri logo para a mesa de trabalho, precisava de terminar assuntos pendentes. Foram chegando e, pouco a pouco, o caos foi-se instalando.

A sala é a divisão da casa onde gostam mais de estar, por isso a primeira a ficar desarrumada. Ao final de uma hora fui ter com eles e o panorama era o esperado. Enquanto lhes dava o “raspanete” do costume, não perdi tempo e, comecei logo a arrumar. A Matilde e o Tomás lá se arrastaram para ajudar, a Maria ria enquanto passeava no carrinho.

De repente, olhei para o lado e pareceu-me ver árvore de Natal a “andar”. Não liguei muito, tal é o cansaço, que pensei que estava a delirar. Olhei de novo e afinal estava mesmo. Mas as árvores não “andam”!

Andam sim, se tiverem uma Maria por perto. A Maria enrolou-se num dos enfeites e enquanto andava para a frente com o seu carrinho, levava-a em modo atrelado.

Ufa, afinal não estou a delirar. A árvore de natal cá em casa “anda”! Ah pois é!

A Mãe da Maria (Ana Rebelo)

Também Poderá Gostar

Sem comentários

Deixar Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.